Arquivo da categoria: Mulheres casadas

Dupla penetração com a casada gostosa

Maridinho corno compreensivo!

Maridinho compreensivo. Ele soube ouvir, entender e atender a vontade da esposinha querida. A vontade de ser saciada e meter gostoso com outro macho e, como quase toda a esposa, ela queria um negão roludo. Maridinho, que além de atencioso e compreensivo, agora corninho manso, prontamente atendeu! E se comportou direitinho tendo participado apenas como um bom fotografo.

Anuncio de corno!

Nas fotos tem o Email. É imprescindível deixar claro que buscamos contatar solteiros comedores (com boa aparência e físico em forma)

Somente entre em contatos comedores do Rio de Janeiro ou aqueles que têm disponibilidade para viajar.

Não curtimos qualquer tipo de Bi – masculino e nem temos interesse em conhecer caras afim dessas fantasias. Ela não sente o menor tesão por tal situação e perde totalmente o interesse o mesmo para o corno que também não tem nenhum tipo de interesse nessas práticas.

Temos experiência em swing e ménage a 5 anos. Por tanto queremos contato com pessoas decididas e com experiência.

Leiam bem o que foi dito acima. Estaremos no aguardo.

Mais uma vez parabéns pelo excelente blog 

Festinha das boas vem parar na net. Levando a namoradinha para o amigo comer e fotografando tudo. Famoso corno fotografo. Contribuição do nosso amigo leitor

Casada tesuda, morena que dispensa comentários

Fotografando a esposinha safada liberando a bucetinha para o guia no meio do mato

O filho da vizinha

Meu nome é Patrícia, mas todos me conhecem como Pati. Moro em um condomínio muito gostoso e tenho vizinhos muito amigos. Sou casada, tenho 49 anos e sou uma boa dona de casa. Cozinho muito bem e cuido do meu lar com muito carinho.

Meu marido, o Silas, é um homem sério, respeitador e já esta com seus 60 anos. Ele é aposentado e passa o tempo todo jogando domino no salão do prédio com outros aposentados como ele. Eu fico em casa fazendo as minhas coisas e pensando na vida. Andei lendo que fantasias eróticas fazem bem e são importantes… Mas, o meu marido, nem pensar, ele mal consegue fazer o papai-e-mamãe. Por isso meus pensamentos começaram a ir longe e passei a ter vontade e desejos. Comecei a andar sem calcinha e raspei os pelos da xoxota. Se não bastasse, comecei a me interessar pelo Jorge, o filho da vizinha do meu andar, um rapaz na casa dos 30 anos, desempregado e muito malandro. Sempre quando ele me encontra costuma ser gentil. Passei então a puxar conversa, ser mais dada, até que um dia, no elevador, minha mão encostou-se à dele e fiquei com calafrios. Ele percebeu e me deu um sorriso muito maroto. No dia seguinte, meu gás acabou e como tenho dificuldades em trocar pedi ajuda para ele. Fui prontamente atendida. Ficamos na cozinha e ele começou a me elogiar, me chamando de bonita… Eu perguntei: “só bonita?”. Ele respondeu: “Bonita e gostosa”. Fiz cara de safada, dei um sorrisinho e ele chegou bem atrás de mim, me soltei e senti as suas mãos alisando os meus ombros… Logo senti puxando o meu vestido, ficando apenas com o avental da cozinha. Começou a beijar alisar e dar mordidas na minha bundinha e pra finalizar me deixando mais louca ainda, deu um beijinhos de língua no meu cuzinho… Fiquei nas nuvens com aquilo, pois nunca nem um homem tinha feito aquilo comigo… Então me abaixei na frente daquele macho ali de pau duro na minha frente, e fiz o que nunca tinha feito antes… Chupei o seu pau, sentir ele duro e latejando na minha boca foi uma sensação incrível. Chupei aquela vara com vontade, mordi, alisei, passei a minha língua naquele saco… Estava saciando os meus desejos mais contidos ali. Com aquele pau duro e todo babado de tanto eu chupar, fui colocada de quatro por ele e senti aquela vara entrando na minha xoxotinha, enquanto eu me apoiava na mesa da cozinha. E socou com força, dando estocadas que me deixavam louca, não agüentei depois de gemer e gritar muito acabei gozando feito uma louca… Mas como o meu marido, Silas, estava no salão do condomínio, tínhamos que ser rápidos… Então Jorge me colocou de quatro do chão da cozinha, agarrou com as mãos nos meus peitos e meteu com mais força ainda… Depois de mais algumas enterradas senti o seu leite lambuzando toda a minha bundinha. Levantei dali corri pro banheiro para me limpar e colocar a minha roupa e Jorge saiu de fininho, mas prometendo voltar para comer o meu rabinho…

Ninfetinha morena, deliciosamente putinha com sua lingerie vermelha deixando-a mais tesuda ainda

Casal tesão! Também não é pra menos. Casado com uma putinha morena dessas, com um fogo e desejos insaciáveis é pedir pra ser corno. Mas como todo corno tem o sonho de ter uma mulher desejada por todos, esse esta nas nuvens.

Esposa puta de um corno feliz! Casada safada que adora dar pra vários machos durante a semana, tendo suas trepadas todas registradas por seu corninho manso